Inicio   I   3 Fatores   I   Conferências   I   Salas de conferências   I   Biblioteca   I   Estudos    I   Links


Conhecimento de Si Mesmo - Conferência Nro 25

voltar atrás

Exoterismo, Pseudo-Esoterismo e Esoterismo
 

O objetivo desta conferência é que o estudante consiga distinguir uma escola Esotérica de uma escola Pseudo-Esotérica. E que possa compreender qual é o seu propósito no Conhecimento, quando começa a vivenciar o Trabalho Esotérico.


EXOTERISMO

Quer dizer conhecimento exterior. Este conhecimento se recebe mediante livros ou cursos no mundo externo, através da personalidade.
Todos recebemos o Conhecimento no mundo físico como conhecimento exotérico. Quando encontramos o Caminho Secreto no mundo exterior, se é que se dá, porém "de mil que o buscam um o encontra"; e raros são os afortunados que o encontram; se abrem dois caminhos:
- O Caminho da Crença, que admite e crê no que lhe disseram, porém não faz nada para verificar por si mesmo; acumula conhecimento (informação).
- O Caminho do Prático, que experimenta o que lhe ensinam até comprovar e verificar por si mesmo. Este ingressa na etapa Mesotérica, que o levará ao Trabalho Esotérico. Aqui se cumpre a frase "de mil que o encontram, um o segue", porém a maioria dos que o encontram o tomam como um conhecimento mais para o intelecto.


PSEUDO-ESOTERISMO

Quer dizer falso conhecimento interior. Em todos os casos é recebido pela personalidade e, portanto, não pela Consciência.
Indubitavelmente, por estes tempos se há multiplicado exorbitantemente. Abundam por toda parte as escolas pseudo-esotéricas e pseudo-ocultistas. O comércio de almas, de livros e teorias é pavorosa, raro é aquele que, entre a teia de aranha de tantas idéais contraditórias, logra de verdade encontrar o Caminho Secreto.
Jamais havia sido tão materialista o mundo como agora, e não obstante tão frívolo e covardemente psiquista. As bruxas cartomantes, hipnotizadores, médiuns, espiritistas, sugestionadores, feiticeiros, curandeiros, vigaristas de todo tipo; pululam por todo lado. Se os vê tanto nos tugúrios como nos palácios, tanto em público como em secreto. Crê-se no absurdo, no fantasioso, é uma rara loucura coletiva que recorre de lado a lado o planeta.
Certamente, os bruxos, feiticeiros e magos negros abundam como erva daninha, porém, esses não são santos, nem profetas, nem adeptos da Branca Irmandade.
O mais grave de tudo isto é a fascinação intelectiva; existe uma tendência a nutrir-se estritamente em forma intelectual, com tudo o que chega à mente.
Os vagabundos do intelecto já não se conformam com toda essa livraria subjetiva e de tipo geral que abundam nos mercados de livros, senão que agora, e o que é pior, também se abarrotam e indigestam com o pseudo-esoterismo barato que abunda por todas as partes. O resultado de todos esses jargões é a confusão e a desorientação manifestada dos velhacos do intelecto.
Realmente, o importante é conhecer-se a si mesmo profundamente em todos os níveis da mente...

Como distinguir as Escolas Pseudo-Esotéricas:

▪ Cobram pelo conhecimento.
▪ Não ensinam os Três Fatores para a Revolução da Consciência.
▪ Dizem que todos os caminhos conduzem a Roma.
▪ Insinuam ou declaram que o Conhecimento Esotérico se pode aprender em livros. São intelectuais.
▪ Dão ensinamentos de inefável aparência, que não conduzem a nenhum lugar. 
▪ Dão ensinamentos que confundem.
▪ Ensinam muitas coisas, elementos distratores do Esotérismo.
▪ Misturam forças.
▪ Ensinam práticas da Loja Negra. Ensinam despertar poderes.
▪ Ensinam o manejo de velas, cartas, cristais, pêndulos, etc.
▪ Ensinam diversas formas de sanação.
▪ Ensinam parapsicologia, espiritismo e mediunismo.
▪ Ensinam bruxaria e manipulação de Elementais.
▪ Ensinam Tantrismo Negro.
▪ Não ensinam a Castidade.
▪ Não ensinam a Morrer verdadeiramente.
▪ Não ensinam que o karma se paga à vista, nem que se pode negociar, nem como negociá-lo.
▪ Não ensinam que se deve buscar a Auto-Realização e que tem que lográ-la em uma só existência.
▪ Muitos relacionam o Esoterismo com a venda de perfumes, essências, talismãs, velas, livros, filtros, minerais, poções, túnicas, etc. Sem ter nada que ver; enganam as pessoas que desconhecem o esoterismo.

A principal diferença entre um Mago Negro e um Mago Branco é a qualidade do seu conhecimento. Quando lemos um livro de um mago negro, assim não o saibamos, o estamos invocando.
Quando alguém mistura forças, a força original se vai perdendo ao mesmo tempo em que surge uma terceira força, que é destrutora. O pseudo-esoterismo maneja o baixo psiquismo, coloca em atividade o órgão Kundartiguador e faz que percamos lentamente o desejo sincero de Auto-Realizar-nos. Pouco a pouco se perde a confiança em seu próprio Ser e termina confiando em qualquer elemento estranho.


ESOTERISMO

Quer dizer Conhecimento Interior ou Conhecimento Oculto. O Verdadeiro Esoterismo busca o Conhecimento de Si Mesmo, o qual somente se encontrará em nosso Mundo Interior.
Este conhecimento é para a Consciência, não é possível conseguir este conhecimento em nenhum lugar externo, em nenhum manual de conduta, livros ou centro de estudos do mundo exterior. Este conhecimento se recebe nos mundos internos.
Ao Conhecimento Esotérico só se chega através dos Três Fatores para a Revolução da Consciência, que são os únicos Três Trabalhos Objetivos que se tem que fazer: Morte Psicológica, Nascimento Espiritual e Sacrifício Consciente pela Humanidade.
O objetivo do Conhecimento Esotérico não é outro senão Auto-realizar ao Ser.
O Conhecimento Esotérico se recebe interiormente. Na medida em que liberamos consciência cada chispa liberada recebe o conhecimento que lhe corresponde de acordo com sua vocação.
Quando recebemos o Conhecimento Esotérico em livros fechados, este é um conhecimento para nosso Ser exclusivamente. Não pode ser revelado no mundo externo, por isso tem que saber calar. Porém se é recebido em livro aberto pode ser entregue aos alunos.
Cada Ser tem o seu próprio Conhecimento. Na medida em que a Consciência desperta, e se entra em harmonia com a natureza, nos entregam a sabedoria que a muito tempo tínhamos.
O prático vai comprovando com os Três Fatores e as distintas práticas aprendidas. Faz suas iniciações de Mistérios Maiores, até concluir a Primeira Montanha.
Quando inicia a Segunda Montanha presta esperanças para o Conhecimento Esotérico, quando passa pelo processo da Ressurreição, ingressa como Adepto a Escola do seu Raio. Ao integrar as Três Forças em Uma, fusionando com seu Pai, se converte em um Verdadeiro Esoterista. Neste momento chega ao Primeiro Grau da Sabedoria Universal.
A maioria dos estudantes comete o erro de sentir-se Esoteristas quando apenas estão escutando as conferências... Sentir-se Iniciado sem ter começado a praticar o Supra-sexo. Sentir-se santo sem ter eliminado o primeiro "eu". Sentir-se prático sem ter começado a praticar. Tudo isto pelo falso sentimento do eu.


voltar atrás

Inicio   I   3 Fatores   I   Conferências   I   Salas de conferências   I   Biblioteca   I   Estudos   I   Links

Resolução mínima 800x600 - Copyright © 2008 e-mail: conhecimentodesimesmo@gmail.com